Pesquisar este blog

06/08/2012

O palestrante simulado

Ninguém contrata palestrantes desconhecidos e assim também foi comigo e continua sendo porque não tenho tanta penetração quanto teria um ator, jornalista ou apresentador da Globo. Nesta profissão atendi que a contratação geralmente se dá muito mais pelo volume de exposição que o palestrante tem na mídia (e obviamente de sua capacidade de comunicar) do que pela bagagem de conhecimento e experiência do palestrante (que às vezes não é aproveitada também por uma comunicação pobre).



Mas o que fazer quando o palestrante novato não tem exposição nenhuma? Criá-la, fazendo palestras gratuitas em sua esfera de relacionamentos e usar exaustivamente a Internet. Não estou falando de Spam, mas de uma estratégia envolvendo um bom site, artigos e entrevistas (comece com o jornal do bairro e vá ampliando) e, no atual momento, em especial vídeos no Youtube, e não em algum servidor seu escondido de todo mundo. Esqueça esse pavor que alguns têm de que se colocarem seu vídeo no Youtube os concorrentes podem copiá-lo ou clientes deixar de contratá-lo.

Palestras gratuitas nas escolas da região, depois nas empresas de sua cidade, em eventos beneficentes e outras situações ajudam o palestrante a criar currículo e uma lista de clientes atendidos. É complicado o palestrante chegar em um novo cliente e dizer que só fez palestras para sua família. Esses públicos, ainda que os eventos sejam grátis, podem ser os multiplicadores da imagem do palestrante. Muitas vezes nem o público que vai a uma palestra grátis sabe que o palestrante não está ganhando nada. Muitos pensam que ele foi contratado por alguém ou que ganha para promover algum produto.

Volto a insistir nos vídeos no Youtube: cenas de palestras e entrevistas realmente ajudam a vender. Mas como publicar cenas de palestras que o palestrante nunca fez ou de entrevistas que nunca deu? Simulando. O que muitos palestrantes não sabem é que podem "dublar" como fazem cantores na TV. Não digo cantar de forma simulada, mas fazer palestras e entrevistas de forma simulada para publicar no Youtube.

Procure um lugar meio escuro, arranje uma câmera com tripé em um palco ou algo parecido com isso (sem plateia) e você terá as cenas de que precisa para publicar no Youtube. Vale até pedir para um amigo gravar com celular, como se fosse um espectador. Existem muitos vídeos assim no Youtube, tremidos, sacudidos e de péssima resolução enviados pro fãs que gravaram seu cantor preferido no palco. Se você quiser deixar mais realista, convide algumas pessoas para assistirem a gravação para as cabeças delas ficarem atrapalhando na frente do que grava (rssss......).

Não precisa ter ninguém na plateia porque você não verá a plateia, mas é importante atuar como se estivesse no Maracanã. Lembre-se de que o palestrante também é um ator. Outro dia vi uma cena de novela em que as meninas se apresentavam no programa do Faustão. De verdade ali só tinha o Faustão e suas Faustetes, porque quando a câmera mostrava a plateia estava claro pela mudança nas cores e iluminação que a cena era de algum programa real de auditório, enquanto o palco era estúdio. Se você pretende fazer o mesmo com uma montagem, seja humilde, não vá usar cenas de arquibancada em jogo de decisão de campeonato (rsssss....).

Na novela tudo não passava de simulação, mas cumpria seu objetivo de entreter. O Youtube está cheio de vídeos "caseiros" que nada mais são do que campanhas publicitárias feitas com gravações tremidas e de péssima qualidade para parecer que é gente de verdade que está ali. Você se lembra do Ronaldinho chutando várias bolas na trave? E o carinha desesperado porque quer encontrar o amor de sua vida, a menina que conheceu na balada e nem telefone guardou? Já vi até entrevistas de humor em que o humorista entrevista uma personalidade criando novas e engraçadas perguntas para as repostas que a personalidade realmente deu, porém em outra entrevista e em outro contexto. Você só precisa usar de criatividade. Ou você acha que o entrevistador do vídeo abaixo realmente existe e é parecido comigo?




Um comentário:

Palestrante disse...

Vou colocar em prática e te falo.
Obrigada pelos posts... tem me ajudado muito.

Postagens populares