Pesquisar este blog

23/02/2007

É um processo...

Não sei se existe alguém que tenha acordado de manhã e tomado uma decisão: "Vou ser palestrante!". Dar palestras é algo que acontece naturalmente. Você fala aqui e ali, e acaba um dia descobrindo que poderá transformar aquilo em profissão. Mas para alguém que está neste rumo, sugiro que aprenda a respeitar seu público. Ele é o seu cliente. Se você tiver sempre isto em mente, irá fazer das tripas coração para agradá-lo. Aí a preparação irá exigir muitas horas de estudo e pesquisa. Ser palestrante na era da Internet é algo tremendo, já que temos informação sobre tudo ao alcance da mão.

Uma outra coisa muito importante é aprender técnicas de oratória, ou em cursos especializados ou pesquisando e observando as pessoas. Sua voz e expressão corporal compõem o prato e os talheres com que você irá servir o jantar aos convidados. Precisam estar limpos, colocados de maneira correta, afiados e bem manejados. Mas é importante lembrar que não deve ser o prato que deve chamar a atenção, mas o que é servido nele. O palestrante deve ser o meio apenas, para comunicar. Se quiser chamar a atenção sobre si, não demorará para ser rejeitado pelo público. As pessoas não vão à palestra para ver o palestrante, mas o que ele tem a dizer.

3 comentários:

liz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
liz disse...

Parabéns por mais esta, Mario!
Pelo que li aqui, o sucesso é garantido...
Abraços,
liz bittar

PROJETO SAMBALATA-GOIANIA-GO disse...

Fantástico...

Postagens populares